Cursinho Popular x Cursinho Particular

15.1.17

  Sair do ensino médio para a maioria das pessoas significa necessariamente começar a fazer cursinho, como foi para mim. E é aí que começa a pesquisa de preços e qualidade para saber onde vale a pena investir um ano de sua vida e qual estabelecimento te deixará mais perto da aprovação.
 Como eu fiz cursinho por dois anos, particular e popular, achei que seria uma boa trazer uma comparação aqui pro blog e tentar ajudar quem estiver pesquisando sobre o assunto.
 Uma coisa importante de deixar bem claro aqui no post, é que essas são minhas experiências, de dois cursinhos aqui do RS. Mesmo aqui existem divergências entre todos os cursinhos mas vou tentar fazer um geral, que abranja a maioria.
 P.S: Se alguém é do RS, Porto Alegre, e quiser saber quais são esses dois cursinhos é só me mandar um email que eu respondo :)









CURSINHO POPULAR | No cursinho popular que eu fazia tínhamos cinco períodos de 45 minutos cada, todo dia. Com um intervalo de 15 minutos. O que eu acho que é um padrãozinho, seguindo a linha das escolas. Tínhamos aulas de: geografia, química, matemática, física, biologia, história, português, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol) e redação.

CURSINHO PARTICULAR | A única diferença existente é que quando estudei em cursinho particular tínhamos duas matérias a mais que eram: sociologia/filosofia e atualidades (que eu odiava e achava que o nome de verdade deveria ser interpretação de texto porque de atualidades não tinha nada). Então em dois dias da semana eu saia mais tarde porque tinha períodos a mais.









 CURSINHO POPULAR | Durante o ano o único material que recebemos eram as apostilas, que foram quatro, contendo todas as matérias. Eu achei muito boas mas isso depende de qual formato você gosta para estudar, tem gente que prefere leitura de textos outros gostam da matéria por tópicos.

CURSINHO PARTICULAR | Em curso privado, normalmente, você recebe mais material. Além das apostilas eu recebi também um livrinho com resumos pequenos de algumas matérias e as fórmulas mais importantes, um livro com as explicações sobre as leituras obrigatórias e um dvd com exercícios.

Eu não posso falar muito sobre as apostilas porque isso varia muito de curso para curso, então a dica fundamental é ir presencialmente fazer sua matrícula, não deixar pai ou mãe fazer por você, porque na hora você tem a oportunidade de conferir o material.






 CURSINHO POPULAR | Eu acho que em todo cursinho tem o risco de ter professores bons e professores ruins, por isso uma dica é perguntar para alguém que estudou onde você pretende estudar e checar se os professores das matérias que são importantes pra você são bons. Quando estudei no popular a maioria dos professores eram ótimos, aquele tipo de professor que eu vou levar pra vida inteira como o melhor que já tive em tal matéria. Tinham alguns professores que eu não gostava e não tinham didática mas eram poucos. O que eu gostava é que os professores eram bem jovens então eles tinham passado há pouco tempo pelo o que eu estava passando e eles davam a impressão de que tudo que mais queriam era que nós passássemos.

CURSINHO PARTICULAR | Nesse quesito, comparando os dois estabelecimentos onde estudei o popular ganhou. Quando estudei em curso privado os professores não eram tão jovens (eu tinha professores beem velhos até), o que não é impedimento pois já vi professores velhos com ótima didática mas não era o caso lá. Eu acho que professores de cursinho devem tentar ao máximo se manter integrados nesse mundo jovem pois faz toda a diferença no ano de um aluno a motivação que o professor passa.


 Eu acho que o mais importante dessa categoria é você ir ao local no momento da inscrição e conferir como é. Vocês podem pensar que o cursinho particular seria a opção óbvia para quem se preocupa com a infraestrutura mas vou contar porque os dois cursinhos ficaram quase empatados:

CURSINHO POPULAR | Em cursos populares a infraestrutura costuma ser pior comparada à cursos particulares. Isso porque não tem, normalmente, ar condicionado, sala de recepção e sala de estudos. É um lugar mais simples.

CURSINHO PARTICULAR | Em cursinhos pagos normalmente esse quesito é muito bom. Ar condicionado pelo menos é garantido e as salas costumam ser mais confortáveis. Sem contar que na maioria dos lugares existe salas de estudos, onde você pode ficar se não quiser assistir tal aula ou até mesmo depois do período de aulas.

P.S: No meu caso não foi assim e os dois ficaram empatados se compararmos a  infraestrutura mas no geral cursinhos particulares ganham nesse quesito.








CURSINHO POPULAR | Tive algumas aulas extras durante o ano mas normalmente é dependendo da disponibilidade dos professores, não tem nada que garanta que terá aula extra. Uma coisa boa é que alguns professores se ofereciam à chegar mais cedo ou sair mais tarde para ajudar quem precisasse.

CURSINHO PARTICULAR | No curso pago você terá bem mais aulas extras distribuídas ao longo do ano, o que é muito bom. Onde eu estudava cada aula extra era paga a mais, mas tem cursos em que está incluso na mensalidade, então depende. Mas nesse quesito o curso particular costuma oferecer mais assistência.











 CURSINHO POPULAR | A organização deixa a desejar em alguns momentos nesses cursinhos, principalmente no meu que era coordenado por jovens do grupo estudantil da universidade (nem sei se é assim que fala, mas esqueci o nome, hahah) Apostilas chegavam com dias de atraso, as vezes faltava professor ou professores chegavam bem atrasados, e foi feito só um simulado quando devia ter sido feito mais.

CURSINHO PARTICULAR | Nesses cursinhos as coisas costumam ser mais organizadas pois existe um contrato e as coisas que estão lá devem ser cumpridas. Então quando um professor falta, eles conseguem substituir por outro (o que ocorria no popular mas de vez em quando não), as apostilas chegam a tempo e os eventos costumam ser mais organizados.








CURSINHO POPULAR | Como o nome já diz é um curso bem mais acessível. No meu caso a mensalidade era 60 reais mas você tinha a opção de pedir bolsa e foi o que todas as minhas amigas fizeram, nesse caso elas não pagaram nada pelo curso nem pelo material.

CURSINHO PARTICULAR | A diferença de preços aqui pode ser gritante. O cursinho que eu fazia era um dos mais baratos entre os particulares e eu pagava 240 de mensalidade mas existem cursos em que a mensalidade chega aos mil reais. Especialmente se você quiser fazer aqueles cursos especiais para vestibular de medicina, nesse caso eu nem sei quanto fica o preço.


 Ufa! Post grande mas que eu achei muito importante fazer porque pode ajudar muitas pessoas. Tentei fazer um geral mas obviamente é importante eu falar de alguns eventos ocorridos comigo para que você possa ser mais crítica(o) na hora de escolher. Espero que tenha gostado e se quiser mais detalhes ou os nomes dos cursinhos que eu fazia, manda um email pra mim que eu respondo sem problemas: betaniakduarte@hotmail.com  :)

Você poderá gostar de

34 comentários

  1. Achei muito bacana esse post, bem completo. Eu já fiz cursinho popular com bolsa também e não tenho o que reclamar. Os professores são voluntários lá mas trabalham com tanto amor e carinho que é lindo de se ver. Claro, se a pessoa pode investir, né, vai na fé rs. ♡ xoxo Blog B de Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito Obrigada Bianca, fico feliz que tenha gostado :))
      Realmente, eu amei o cursinho popular e se comparado ao particular dá de 10 a 0 mas eu citei as diferenças reais sendo bem realista porque achei importante, heheh
      Obrigada pelo comentário <3

      Excluir
  2. Que legal você falar da sua experiencia com esses cursinhos... Eu nunca fiz cursinho presencial pois na minha cidade não tem, mas eu adoraria.
    Se um dia eu fizer, vai ser bem mais fácil escolher seguindo suas dicas. Obrigada!

    Beijos
    http://blogvalleriacarvalho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Aaah :/
      O bom é que na internet existem vários que você pode se inscrever, né?
      Fico super feliz que tenha gostado <3
      Beijo!

      Excluir
  3. Ótimo post, principalmente para mim que preciso começar a fazer cursinho. Mas ainda não decidir por qual fazer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado ^^
      O interessante é ver se tu conhece duas pessoas que moram perto de ti, que tenham feito cada uma um. Aí tu pode tirar tuas dúvidas de como são os cursinhos onde tu mora :))
      Beijo!

      Excluir
  4. Olha, eu gostei muito de você colocar essas diferenças aí no blog. Ainda não tinha visto alguém fazer um post assim, e pode acreditar que será muito útil para muitas pessoas, porque nestes tempos que estamos vivendo, está sendo muito difícil economizar. E toda dica que favoreça isso é bem-vinda. Desejo que muitos se realizem este ano. Bjo!

    www.pandapixels.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado Daniele <3
      Siim, tudo o que der pra poupar é ótimo, heheh
      Beijo!

      Excluir
  5. Que post incrível!!
    Amei! Estou aqui ansiosamente esperando a nota do enem torcendo pra não precisar, mas... Achei ótimas as dicas e se precisar com certeza vou avaliar todos esses tópicos e comentários!
    Beijos!
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Laura, fico feliz que tenha gostado <3
      Eu quero muito passar no vestibular e não precisar do enem mas se não conseguir, né... Vamo que vamo.
      Boa Sorte pra ti, beijo!

      Excluir
  6. Oi lindaaa! Nossa, achei bem legal sua iniciativa de trazer essa pesquisa e mostrar sua experiência. Eu fiz o Universidade Para Todos antes de entrar para a Universidade. Fiz ao mesmo tempo q fazia o terceiro Ano. Ou seja, estudava na escola pela manhã e a noite na mesma escola fazia o cursinho. Foi cansativo, mas passei no curso que eu queria. Cursinho público. Tinha seus defeitos, mas quando nos esforçamos tudo coopera.
    beijos flor!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, fico feliz que tenha gostado :)
      Tenho colegas que faziam isso de estudar + cursinho e só sei que não seria pra mim, se eu já ficava muito estressada só com o cursinho...
      Cursinho público tem seus defeitos mas eu prefiro mil vezes do que o curso pago que fiz. Popular <3
      Beijo!

      Excluir
  7. Gostei, muito bom saber as diferenças, você fez um post incrível... Beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Maiara, fico feliz que tenha gostado :))
      Beijo!

      Excluir
  8. Muito bom seu post! Fiz cursinho durante 6 meses antes de entrar na faculdade e sei da importância disso pra quem quer entrar na faculdade. Fiz num particular e a mensalidade dele deve ser 4x a que você falou, mas eu tinha bolsa integral porque fui aluna do colégio a minha vida inteira.

    www.andressafigueiredoblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Andressa :) Realmente faz toda a diferença.
      Siim, como eu disse eu fiz no mais barato que tinha, hahah, mas pelo menos aqui no sul existem cursinho que passam dos mil DD:
      Beijo!

      Excluir
  9. Oi Betânia.
    Cara que post ótimo, juro para você, vai me ajudar muito. Esse ano eu vou pro segundo ano do ensino médio e aqui onde eu moro, só tem apenas um cursinho pago mas que muita gente recomenda. Eles usam do sistema de ensino Amplera, não sei se você conhece, mas parece ser muito bom. Ele é livre para os alunos do ensino médio, to pensando muito em fazer.
    Adorei suas dicas e seu paralelo ficou ótimo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lukas. Fico muito feliz de ouvir isso, espero que ajuda mesmo :))
      Espero que dê tudo certo pra você, beijo!

      Excluir
  10. Eu pretendo entrar pra um curso esse ano, mas os particulares aqui costumam ser bem mais caros do que 240. Queria eu achar nesse preço hahaha
    Vou analisar direitinho, você pontuou algumas coisas bem importantes mesmo.

    Baú de Canto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiim, tem uns aqui que são horríveis de caros. Eu que fui pro mais barato mesmo, hahah
      Espero que o post ajuda e que dê tudo certo, beijo!

      Excluir
  11. Adorei a forma como o post foi feito. Eu não fiz cursinho e adorei tuas comparações. Aqui tem um popular, vou ver se entro nele :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Isa, fico feliz que tenha gostado :))
      Beijo!

      Excluir
  12. Na época da escola eu amaria ler seu post para escolher!
    Muito bem escrito seu post, amei flor!
    Um beijo ;)

    ResponderExcluir
  13. Adorei o seu post! Super bem explicado e completo!
    Com certeza vai ajudar muito o pessoal que está nessa fase!
    Graças a Deus já me formei, não fiz cursinho porque tentei em universidade particular mesmo.
    Seu post vai ajudar muita gente! <3

    ResponderExcluir
  14. Eu fiz 3 anos de curso particular, os dois primeiros eram super caros e o último foi muito barato era quase um curso popular (se eu comparar com os pré-vest daqui do Rio). O último eu pagava 300 e tinha direito a tudo: apostilas, provas, muito exercícios extras, aulas extras (entre elas projetos UERJ e ENEM), enfim era ótimo. Outro dia até fui lá no curso de novo dar uma pesquisada e o preço já aumentou bastante, ficou mais salgadinho. O máximo que conheço do curso popular foi numa reunião que eu participei, me convidaram pra dar aulas de biologia, mas não aceitei, não me sentia preparada na época. E a grande maioria são todos alunos de graduação mesmo, acompanhei um pouco de longe, mas vi que era bem sério o curso e algumas pessoas passaram pros cursos que elas queriam. Resumindo: o que importa mesmo é sua dedicação, e, principalmente o controle emocional (esse é o mais importante).

    beijos,
    Ultimamente eu andei escutando bastante música da Fifth Harmony, são maravilhosas pra dançar, adoro! Essa do 1D também é bem legal, minha irmã que é louca por eles rs.

    beijos,
    deloucostodossomosumpouco.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Que post mais útil, amei! Eu fiz curso particular em 2016 e gostei bastante, mas não conhecia os cursinhos populares. Caso eu não passe na faculdade (eita, espero que eu passe!) vou procurar um desses por aqui!
    Um beijão,
    Gabs do likegabs.blogspot.com ❣

    ResponderExcluir
  16. Seu post foi bastante útil, nesse momento estou em busca de um cursinho pra fazer e seu post vai me ajudar bastante, está tudo bem explicadinho e completo! Amei. ❤

    ResponderExcluir
  17. Eu já fiz um cursinho pago, mas as minhas amigas fizeram um comunitário e eu vi que o meu oferecia muitas coisas melhores

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Que bacana esse post, vai ajudar muito as pessoas que estão a procura de cursinho e não sabe qual optar. Você escreve muito bem gostei dos topicos abordados e foi legal essa iniciativa de passar sua experiência para o blog!! Parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Achei o post bastante legal não faço curso nem nada , mais agora ja sei as diferenças para quando for fazer irei me lembrar desse post .

    ResponderExcluir
  20. Olá... Betânia, tudo bem??
    Postagem legal e bem interativa com os leitores...quando terminei o ensino médio também fiz cursinho e embora eu tenha tido que interromper, eu gostava muito. Era no nordeste e lá era bem pesado, era das 08:00 as 14:00 todos os dias, mas era campeão em aprovações nas universidades do estado... o que colocou aqui é bem interessante e você está de parabéns em compartilhar... seu blog é lindo, adorei conhecer... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Amei seu post! Nunca encontrei um assim ♥ Ainda não estou a procura de cursinho pré-vestibular, mas agora já sei as diferenças! Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Na minha cidade não tinha o cursinho popular, precisei fazer o cursinho particular. Creio que o particular puxa mais dos alunos, sabe? Queria muito ter tido a experiência do popular!

    Beijos
    www.enfim-resolvido.com

    ResponderExcluir
  23. Vou começar o cursinho dia 7, é particular e muito bom. Não sei ai, mas pelo menos aqui na minha cidade tem muito pouco cursinho popular, o que é ruim, mas os particulares que tem são ótimos! Gostei do post, ajuda muita gente que tem dúvida.

    Beijo.
    A Garota dos Teus Olhos

    ResponderExcluir