Cara Gente Branca: sua próxima maratona

26.5.17

 Eu confesso que comecei a assistir a série por curiosidade e não tinha certeza do que encontraria. Alguns amigos já tinham assistido e recomendavam mas ao mesmo tempo estava rolando um boicote enorme online por a série ser 'contra brancos'. Milhares de pessoas cancelaram sua conta da Netflix e por isso eu venho aqui lhe assegurar, você aí branco, pode assistir tranquilamente. É uma série com um tema bem mais importante do que atacar brancos que me prendeu do primeiro episódio ao último.

Sinopse: Ivy League Winchester é uma renomada universidade americana, e como muitas das outras possui a maioria dos estudantes brancos. A série começa quando os participantes de uma revista sátira, a Pastiche, decidem fazer uma festa blackface. É então que vemos a atitude tomada pelos estudantes negros e somos apresentados ao movimento negro da universidade. 

 A série é inspirada em um filme de 2014 de mesmo nome e inclusive traz muitos dos atores originais do filme nos mesmos papeis. Ela é produzida pela Netflix e conta com 10 episódios de 30 minutos cada, o que torna super rápido de maratonar. Cara Gente Branca é uma comédia que consegue entreter enquanto fala sobre tantos assuntos importantes. Alguns dos temas abordados na série são colorismo, apropriação cultural, solidão da mulher negra, violência policial contra negros, entre outros. 


 O mais interessante da série é que ela mostra as diferentes atitudes que os personagens têm diante das mesmas situações e como eles se relacionam entre si com essas diferenças. Existem aqueles, como a Sam e o Reggie, que se dedicam ao movimento por completo, estão sempre envolvidos em causas da universidade e existem também os personagens que acreditam que ser negro e despreocupado já é um ato de revolução.

 Para mostrar as diferentes visões os capítulos da série (um capítulo = um episódio) são divididos entre os personagens. O primeiro capítulo é o da Sam, ela tem um programa na rádio da universidade, o Cara Gente Branca. Depois conferimos a vivência de outros personagens até que volta para a Sam. É uma ótima forma de apresentar a série e permite que a gente conheça um pouco mais sobre cada um.

 Para falar com mais propriedade do que eu sobre o que a série passa e os assuntos abordados, convidei minha amiga Ana Paula Ferreira e ela escreveu um pouco sobre o que achou importante em Cara Gente Branca:
 ''O primeiro ponto para explicar a série é a diferença entre cada personagem. As pessoas não reagem da mesma forma ao racismo, porque tem trajetórias de vida diferentes. As personagens Sam e Coco, por exemplo, concordam que existe racismo e que é necessário lutar contra, porém seus posicionamentos de como fazer isso são bem diferentes.  Assim você pode entender o porquê de algumas pessoas negras acharem tudo bem uma pessoa branca usar turbante e outras enxergarem o problema disso.
 Do mesmo jeito que estudamos na escola o quanto a escravidão foi horrível, e como diminuía e oprimia os escravos, também precisamos dar atenção à luta de resistência destas pessoas. A série nos mostra que a resistência pode vir através de um poema, de um programa de rádio, em protestos e até no fato de ter uma fraternidade para pessoas negras. Isso é ser negro, resistir até mesmo dentro da universidade mas também ser poeta, produtor audiovisual, presidente. A série mostra que não somos reduzidos a uma coisa só e isso é o que nós chamamos de representatividade.''


 Comece a assistir e já se prepare para o baque que é o episódio 5. Me deixa aqui um comentário, já assistiu? Quer assistir? O que achou do post? Eu vou adorar saber a tua opinião <3

Você poderá gostar de

16 comentários

  1. Uau, amei conhecer essa série, ela parece ser bem original. Já anotei a dica! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. adorei a dica

    http://www.nossomosmoda.com/

    ResponderExcluir
  3. Essa semana eu vi um quebra-pau no facebook por causa dessa série. Parece que tem mesmo gente se sentido ofendida ou atacada com ela. Eu preciso ver também para entender melhor tudo isso haha. Assim que tiver um tempinho vou comecar :)

    ResponderExcluir
  4. Já tinha ouvido falar da série, mas não sabia realmente do que se tratava. Adorei o posicionamento e me deu uma vontade enorme de ver.

    Beijos!
    Amei o post e o blog!
    http://pergaminhosnamesa.com/

    ResponderExcluir
  5. Estou um pouco "desatualizada" do Netflix e por puro capricho, confesso. Mas preciso tomar a boa e velha vergonha na cara e usar o tempinho livre para conhecer novas séries e filmes que com certeza vão prender minha atenção, por exemplo essa série, que por sinal, eu ainda não conhecia.
    É muito bom quando começamos a assistir algo por pura curiosidade, porque assim não criamos a expectativa e acabamos amando o enredo.
    Pelo que você citou nessa resenha, é uma espécie de série que aborda assuntos importantes de uma forma natural, sem ser maçante, né? Eu amo séries e filmes que falam de coisas sérias.
    Já está na minha lista pra assistir. Obrigada pela sugestão, Bê!

    www.lelethings.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Essa série é sem duvida, uma das minhas series favoritas, digo isso, porque não pensei que ia gostar tanto, estava um pé atrás por causa do filme - eu posso dizer que não gostei nem um pouco -, mas a serie, bom, eu adorei, além de me emocionar bastante, durante o episodio 5, fora que eu tenho um relacionamento interracial sendo militante do movimento - algo que vivo ouvindo que é algo errado, sou negra, negra namora e só pode se relacionar apenas com negros.

    É serie faz com sentir na pele algumas duras verdades que acontecem e fingimos não ligar, a solidão da mulher negra, com a Coco, quando muitas vezes um negro é visto como marginal, sendo que o culpado nem é ele, ou quando é ele e mais alguém - branco -, apenas ele é o errado, vimos isso no episodio 5, como se adaptar para ser mais "branca" e tendo uma melhor visão da sociedade, com a Coco, dentre outras coisas. Essa série é um tapa na cara.

    Bejinhos. Amei o post e logico, o blog, seu layout é maravilhoso menina!

    ResponderExcluir
  7. Cheguei assistir essa série pq aborda temas bem importantes, eu não assiti tudo ainda, mas o pouco que eu vi me interessou muito! Achei incrível você falar dessa série. Bjs

    ResponderExcluir
  8. Vi muita gente falando dessa série, ainda não comecei a assistir, mas pelo jeito é boa! Vou colocar na minha lista, ainda mais por ser só 30 minutos por episódio (sofri com 13 reasons why, enrolação eterna!).

    Bjus!

    ResponderExcluir
  9. Já tinha ouvido falar da série mas algo bem superficial mas agora fiquei com bastante vontade de assistir.
    Agenda Aleatória

    ResponderExcluir
  10. Já li várias críticas positivas dessa série, mas ainda não comecei a ver. Quem sabe logo logo
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  11. Eu assisti o primeiro episódio, mas ai comecei a ver outra série, mas vou voltar para ver se assisto o resto.
    madrugadaestrelada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Eu ainda não terminei de assistir, mas gosto muito da série da temática! Acho uma discussão importante e fico feliz de ver que o audiovisual está abrindo espaço pra isso. Gostei do post.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Já to com essa serie na minha lista mas ainda tem coisa pra atualizar... Difícil essa vida de quem acompanha filmes e série hauaha adorei seu post me deu mais vontade de assistir. Eu não sabia do detalhe de que cada episódio era contado por alguém. Achei legal :) só soube por você mesmo! Importante uma série dessa pra conscientização ne? Sera que rola continuação? :)

    ResponderExcluir
  14. Lembro de quando saiu o trailer da serie a um tempo atrás e cara, fiquei tão puta com os comentários escrotos e o GIGANTE números de deslikes, chegou a ser deprimente. Jurei que a serie nem ia ao ar.
    Desde do dia que ela estreou ainda não consegui ver, mas já li tanta resenha que você nem faz ideia. Tem até uma frase da serie (que eu nem vi kaka) mas já mexeu com o meu coraçãozinho e tenho certeza que vou levar pra vida toda "Existir já é LUTAR"
    To ansiosa pra ver ♥

    Beijão,
    Juba.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Bê! Primeiramente, fiquei muito feliz quando eu vi o QOS ali no teu Blogroll. Grata <3
    Eu já terminei Cara Gente Branca e caraca! Essa série é tão incrível e aborda temas tãaaao importantes. E o mais bacana é que cada um reage de uma forma, né? O Lionel por exemplo, é todo introvertido mas manda muito bem escrevendo, e o que foi ele naquele último episódio? Ok, sem spoilers.
    O episódio cinco é um soco no estômago mesmo e isso acontece tanto hoje em dia, triste realidade. Nem vou falar muito, porque tô fazendo um post já indicando essa série, hahahah e eu amei a tua indicação! Todo mundo tem que assistir essa série e pensar, nem que seja um pouquinho, sobre o racismo.

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  16. Amo essa série, e que bom que pessoas brancas estão assistindo! É pra elas que ele foi feito!
    ReginaKadov Blog // Follow // FB

    ResponderExcluir